Resultado de imagem para girl alone tumblr
Algo que, de uns tempos para cá, tem me incomodado bastante é a fé vivida por aparência. Acham muito bonito ser de Deus, então colocam essa máscara para pertencerem a um grupo da sociedade. Pode parecer exagero de minha parte, mas me entristece muito pensar que é difícil, hoje em dia, acreditar nas pessoas que demonstram serem cristãs.
Todos nós que escolhemos viver em santidade, devemos entender que ser de Deus não é um status. Precisamos assumir uma vida de entrega, de serviço àquele que não brincou em dar a vida por nós. Não é pra ser de Deus só quando está todo mundo junto, em retiro, no grupo de oração. É pra ser de Deus quando cada um vai para a sua casa e volta para a sua rotina. É buscar o sacrário por vontade própria, não porque todo mundo vai. Se eu não consigo me silenciar diante de Deus, há alguma coisa errada. Se eu não saio, um pouquinho que seja, deferente a cada vez que vou à capela, se eu passo o dia todo sem rezar e o meu coração não sente falta, eu preciso descobrir onde está o erro.
Enquanto eu não silenciar meu coração, não viverei inteiramente em Deus. Como poderei ouvir sua voz em meio à tamanha agitação? Enquanto eu só falar, falar, sem der oportunidade para que Ele fale comigo, não saberei o que Ele quer de mim. Sempre haverá muito para ser transformado em mim. Viver na superfície já não basta mais.

Jesus eu quero te amar, não porque as pessoas te amam, mas porque Tu és tudo o que eu preciso e eu não seria capaz de dar um passo sem Ti. Não quero Te amar para ir pro Céu, mas porque em lugar algum há vida sem Ti. Não para que as pessoas achem bonito ser de Deus, mas porque Tu és o oxigênio de minha alma.

Um Comentário

  1. Exatamente Andressa. As pessoas estão cometendo um grave pecado nos dias de hoje o da "idolatria", pois estão trocando a adoração a Deus pelo culto ao mundo, ou seja, estão trocando o amar a Deus acima de todas as coisas a fim de não serem rejeitadas pela sociedade.
    Aproveitando, deixo o endereço de um vídeo do YouTube do professor, Olavo de Carvalho, que explica muito bem esta questão.

    https://youtu.be/UoSjIIwMR1s

    ResponderExcluir