Acredite, ainda há quem pense que ser da Igreja não nos proporciona sofrimentos amorosos... pura ilusão. Encontramos o José (ou a Maria) errado diversas vezes. Eu mesma, Daltiene, encontrei muitas pessoas que tinham até vergonha de dizer que não estavam bem com o fim de um relacionamento, com medo de sofrer repreensão de líderes ou amigos de caminhada. Como se fosse errado, como se isso fosse características de ser mais ou menos confiante em Deus e suas promessas. Vou dizer algo que talvez você tenha se esquecido: você é humano, a obra perfeita do Criador. Seus sentimentos te diferenciam das demais criações e é isso que mais é amado pelo Criador. Você não tem que ter vergonha porque está triste seja qual for a razão. Não há nada se errado em você! Não há nada de errado em sentir, em querer que dê certo, não há nada de errado nas suas tentativas de relacionamentos. Sim, há quem de primeira acerta no José ou na Maria e felicidades. Mas há quem erre, quem se engana pelas aparências, quem percebe que não estava tão preparado assim ou que terá que lidar com o fato de não ser correspondido. Não é que Deus não está ouvindo suas preces ou que você não seja digno. É só que seu tempo, a sua hora não é a mesma de ninguém, nem mesmo de quem nasceu no mesmo dia que você ou tem o mesmo sangue. Isso vai muito além de nós. Se você achou que não ia doer seu coração nessa caminhada por causa de um garoto ou garota, pensava que isso era coisa secular, eu quero te adiantar aqui que as proporções são maiores. Vai doer, vai te fazer questionar seus passos. Vai te deixar sem vontade de ir nas reuniões do grupo, vai te fazer querer ficar em seu quarto deitado chorando. A diferença é que aqui você sabe onde depositar as lágrimas, você sabe quem é o Único capaz de acolher, amparar e te acalmar. O aprendizado está na compreensão do Seu tempo. Não fica tudo bem em um passe de mágica.
Quando digo que as proporções aqui são maiores é exatamente em viver o tempo de espera. Tempo esse que não é só vivido quando se está querendo ter um relacionamento santo com alguém, mas também quando o castelo desmorona, quando os questionamentos vocacionais chegam com tudo em meio ao sofrimento. Não tenha medo de dizer "Eu não tô bem" quando terminar seu relacionamento, quando a resposta do discernimento não for a que esperava... não tenha medo de dizer que deseja passar a tarde no Santíssimo chorando; você não será menos cristão por isso, ou com menos fé que outros. Você será alguém que sabe que não há problemas com seus sentimentos sabendo bem com quem demonstrar.
Não crie na caminhada doce ilusão que aqui você será sempre feliz ou que pelo o menos tem que passar a ideia de que está. Quando Santa Teresa D'Ávila disse: "Tudo passa, só Deus não passa. Quem a Deus tem, nada lhe falta", em hipótese alguma ela disse que você não sentiria. Ela não disse que não iria doer, não disse que você se sentiria mal ou até mesmo inferior a quem consegue se sair melhor em relacionamentos, ela apenas disse que passa, vai passar porque Deus é contigo, mas é contigo também até que passe, pois não será do dia pra noite. Vai doer ver a pessoa na rua, em fotos, nas reuniões, no mercado, mas vai passar. Mas enquanto não passa não se ache menos por sentir, por doer. Apenas compreenda que você não é máquina desprovida de sentimentos e sensações. Vai ter, sim, sempre algum amigo de caminhada que lhe dirá: "Não era pra ser" ou "Deus guarda algo melhor pra você", eles não estarão errados, porém agora nesse momento de dor isso não irá fazer nenhum sentido e nem trará consolo. O que você precisa saber é que dói mesmo, sufoca, abafa as expectativas, esfria a motivação de qualquer cristão. Teu diferencial é onde está colocando sua esperança.
Não tenha medo de sentir nada na vida, tema apenas a incapacidade de compreender quem é o único que estará com você no início, meio e fim de tudo isso. Deus não só tem algo melhor guardado pra você, como também aceita viver com você esse tempo difícil, em silêncio ali te vendo duvidar da sua capacidade de ser um dia amada como quis por alguém. Em silêncio Ele colocará instrumentos para te fazer, aos poucos, curativos. E aos poucos tudo vai se ajeitando, não porquê você se acostumou, mas sim porque enquanto você chorava e não sentia medo do que sentia e se mostrava transparente, Ele cuidava de tudo, porque sozinha você não estava. Deus está com você mesmo quando você se sente envergonhada por ter seu coração partido por outra pessoa. Deus está com você porque Ele sabe que isso não te separa dEle. Talvez seu coração se parta mais vezes, talvez você não acerte por algumas outras vezes e até mesmo desista por um tempo de tentar se relacionar com alguém, mas o importante é que, ao viver tudo isso, não esqueça de estar sempre firme de mãos dadas com Ele, o importante é não se distanciar. É entender que mesmo que você não queira fazer nada mais por uns dias, precisa escolher fazer isso dizendo: "Cuida de mim, Pai. Doi, mas desejo que seja curado por Ti e não por meus meios ou pelos dos outros. Que seja curado, que me dê o aprendizado e que seja tudo no SEU TEMPO."
Por fim eu digo que não há nada errado com quem aceita seus sofrimentos, desde que compreendam quem é o Único que pode curar.
Salve Maria!

2 Comentários

  1. Triste Verdade!!Nos decepcionamos,mas Deus está sempre ao nosso lado!!Nessa Caminhada em busca de um namoro Santo,onde poucos escolhem este caminho,enquanto outros estão no ficar,transa antes da aliança com Deus,o casamento.

    ResponderExcluir
  2. Se somos cristão Deus precisa vir em primeiro lugar em tudo. No namoro não é diferente, algo que é tão importante, é um principio de uma futura família. E nesse querer saber se é de Deus ou não muitos acabam sofrendo. Eu namorei uma jovem durante nove meses mas não deu certo, sofri porque ela não me quis mais, fiquei contrariado com Deus, pois do jeito que eu pedi Ele me deu esse namoro. E durante minha oração onde eu reclamava com Deus porque não deu certo Ele me respondeu: Eu te dei um namoro do seu jeito, uma namorada do jeito que vc me pediu. Agora tudo vai ser do meu jeito. Oito meses depois conheci minha linda esposa e estamos casados a 15 anos e temos dois filhos. Foi assim... Salve Maria Imaculada! Detalhe, me apaixonei por minha esposa em um encontro da Igreja, o Cenáculo com Maria.

    ResponderExcluir