Olho aquela vela. Outrora esteve acesa, mas já não está mais. À sua volta predomina apenas o preto e o branco, não há mais vida, mas uma enorme tristeza. Como aquela que já iluminou e aqueceu, agora é fria e não traz mais luz? O pavio queimado, a parafina derretida e derramada pelo chão...
Além do enorme vazio que causa, me faz perceber que somos como velas. O pecado em nossas vidas apaga nossa chama, nos faz velhos, tira o brilho que nos havia sido concedido. Os mesmos que queimavam ardentemente sem cessar e clareavam tudo à sua volta, em um certo momento são corrompidos pelo pecado, perdem a sua luz.
Viro-me, atraída por um clarão. Outra vela havia sido colocada sobre o candelabro, mas esta estava acessa. Não sabia distinguir as cores que estavam em volta do pavio. A vela era tão quente e tão viva que o amarelo se misturava com o azul e o laranja. Além disso, também aquecia, trazendo conforto e paz. Conclui, então, que ali estava a misericórdia de Deus, para nos fazer vivos, acesos e restaurados, prontos para iluminar e aquecer outras vidas com o seu amor.

(Vitória Dias para 48janeiros)

Um Comentário

  1. A misericórdia do Senhor é infinita, toda nossa miséria Ele coloca em Seu coração e nos ilumina novamente com a chama e a luz do Seu amor.
    Belíssimo texto. ♥

    ResponderExcluir