Estive sumida do blog, mas voltei e voltei com trilha sonora, viu?
Acredito que todos já tenham ouvido falar dele, mas se não... sem problemas, é sempre bom apresentar quem gostamos para novos possíveis admiradores. Não me lembro exatamente quando ouvi falar do Davidson pela primeira vez, creio até que ele era só mais um na minha playlist. Mas nada como alguns bons amigos que entendem bem sobre música para nos ajudar a ter um novo olhar sobre que já foi olhado. No ano passado tive o prazer de apresentá-lo no Hallel Paracatu, ouvi-lo de perto e conhecê-lo pessoalmente, o que gerou mais agradecimentos a Deus pela vida desse grande evangelizador.
Mas vamos contar um pouquinho da historia... 
Davidson Silva é da comunidade Shalom (daí a gente já consegue perceber que não estamos falando de só mais um cantor), é mineiro de "beagah" (Belo Horizonte para quem não come pão de queijo todo dia), e aos 16 anos já fazia parte do coral Bone Yesu. Com esse coral, Davidson além de ganhar aprendizado, viajou até para a Europa em turnê. Em seguida, se tornou backing vocal da Celina Borges, até que em 2003 ele entra para comunidade católica Shalom. Davidson lançou em 2005 seu primeiro CD solo, o Águas Profundas, em 2010, o Tomé, e em 2014 lançou seu terceiro trabalho, que tem como nome Desperta.
Ouvir Davidson é rezar, contemplar... amar. A perfeição das melodias dele não tira sua missão. Sua voz, considerada uma das mais bonitas do Brasil, não apaga a mensagem que ele busca transmitir, pelo contrario. Escolhi 8 musicas para mostrar um pouco do que cada uma fez e faz em minha caminhada. Foi difícil escolher só 8? Foi difícil, mas...

1. Com Tua Mão
Essa é do primeiro CD, mas tem uma regravação com a Adriana Arydes que eu vou te contar, viu... É uma oração, sempre a enxerguei como um pedido de perdão, de quem levou muitos tombos na vida e percebeu que só é possível se as suas mãos estiverem segurando as do Senhor. Essa canção me desmonta, mais ainda quando percebo as incontáveis vezes que precisei repetir pra mim mesma que sem o apoio Senhor eu só irei fraquejar...

2. Confio em Ti
Pega os lencinhos porque você pode chorar. Sempre tive essa música como o maior desafio da minha caminhada, pois conheço minhas misérias e sei o quanto vacilo na questão da confiança, o quanto ainda busco fugas e confortos, o quanto oscilo no que quero de verdade. A canção diz: “Descansarei em teu coração” e essa parte toca o mais intimo e me lança o questionamento... Você confia sempre no Senhor?

3. Meu Bom Pastor
"O que passou não é mais, o tempo não volta atrás... então já foi". Quem não tem um passado, né? Quem não tem feridas? Quem ainda não é a ovelha que ainda insiste em buscar outros caminhos? Tem um trechinho que diz: “Estou aqui, diante de Ti, com a senha do meu coração. Restaura minha vida, meu ser...”. É só o que desejo.

4. Nada Nos Separará
A letra me desafia, me questiona... me faz reavaliar tudo, sempre. Sei que não sigo nem um trecho, mas a luta é diária para conseguir. E repetir cada verso me convence a desejar ser assim. É reconfortante dizer: “Quem poderá nos separar?”.

5. Cuida de mim
Eu sou apaixonada por esse clipe. A música tem um toque animado, mas não deixa de nos dar lições profundas. E que oração, hein? Gruda na cabeça a parte “Ouvi, Senhor, a minha oração. Aqui estou de joelhos no chão”. É suplica, grito de arrependimento, de recomeço, de ansiar por Ele e saber que "Sem Ti me sinto tão vazio” e “Não quero mais viver como estou”.

6. Tão dentro de mim
Não se identificar com essa letra é impossível. “Quantas vezes bateste à porta e eu não abri?”. Dói lá na alma, cutuca as feridas... mas é necessário. Dói mais na segunda parte quando diz “Quantas vezes bati à porta e abristes a mim”, porque por mais egoísta, mesquinho que eu tenha sido, Ele sempre esteve por mim.

7. Exemplo de esperança
É sobre Ela, nosso exemplo de Mãe, Filha, Discípula, Mulher... Maria. Essa está no topo das minhas canções marianas preferidas. Davidson mostra a devoção e o desejo de ser nem que seja um pouquinho daquilo que Maria foi e é. “Não temerei se tua vontade for maior do que eu, se Maria acreditou eu também o farei” <3

8. Tomé
É a ultima da lista, mas é a minha número 1. Nenhuma canção me toca mais que essa. O nome é bem sugestivo: a canção fala sobre o discípulo Tomé, que só acreditou na ressureição de Jesus quando o viu. Mas confesso que a música poderia ter o meu nome. “Torna-te um homem de fé”, Ele me diz. Ouvir Deus falando através dessa canção é entender que Ele não desistiu de mim, que acredita que tenho jeito. Com firmeza, o pai diz: "Você precisa se tornar uma mulher de fé, pois eu sou a tua paz".

Por fim, peço que rezem pela vida desse homem de Deus, por sua missão. Se você tem outra canção dele que não tenha aparecido aqui, partilhe conosco sua preferida contando um pouco da importância em sua caminhada. Espero que tenham rezado com cada canção e que de alguma forma possam os ajudar nessa caminhada árdua, mas que pode, sim, ter um boa trilha sonora.
Salve Maria!

Deixe um comentário