Um dia, você teve um encontro pessoal com Deus. Usarei o exemplo de que aconteceu em um retiro (embora sei que esse encontro pessoal acontece em qualquer lugar e não só em um retiro ou encontro). Termina o retiro e você está 100%; entrou dentro do carro que te levará pra casa, já baixa pra 98% e assim vai... Ao longo da semana pós retiro a porcentagem cai, a rotina vai abaixando, sua empolgação vai morrendo... Você começa a participar de um grupo de jovens e se decepciona ao perceber que tem gente ali que não é santo como você imaginava, descobre podridão nos meios, se decepciona com pessoas, a porcentagem cai pra 2% e você resolve sair. Não quer mais essa “vida de Igreja” ou simplesmente decidiu que “não precisa ir à Igreja pra ser Igreja” e blá blá blá.
Mas o que você não percebe é que não dá mais para voltar a atrás. Para te falar bem a verdade, você não tem lugar pra voltar. Porque depois de ter conhecido o Amor; o seu ser, a sua alma se tornaram exigentes demais... e não há nada nesse mundo que se compare. E com o tempo você vai percebendo que nada te sacia, que você se enche de coisas, de pessoas, de atividades e mesmo assim seu vazio permanece. Pois você se tornou estragado para o mundo. A vida de antes não é mais pra você, sua teimosia ate que é grande e você insiste que está melhor assim. Usa o discurso “eu creio em Deus, mas não preciso ficar em igreja 24h e nem ser desse grupinho de pessoas que fingem ser o que não são”. Me desculpe, criatura linda, mas a quem ta fingindo ser o que não é, é você.
Você se tornou peça que não se encaixa mais ali. Por mais que consiga fingir felicidade e convencer muitos, você no fundo não se convencerá. Você teve sua vida mudada naquele dia, ganhou vestes novas, sonhos novos, sandálias novas pra enfrentar o caminho árduo que é. Escolhido ali em meio à multidão pra sentir de forma particular a ação do Espírito Santo, o fogo que purifica. Sua vida foi transformada e não dá mais para voltar a atrás.
A vida que levava, os amores que você recebia ou que buscava ter, os conselhos, as companhias... nada, nada, NADA se compara ao que Deus colocou no seu coração e lhe chamou pra conhecer. E algumas pessoas percebem isso, te sentem como diferente, percebem o seu ‘mal encaixe’ e se precisarem de oração, pois uma hora ou outra alguém precisa, é você o procurado. Porque por mais que você negue pra eles e pra si mesmo, você é o mais próximo de Deus que eles conhecem. Mas isso não pode ser suficiente pra ti e não será, pare de se enganar. Ate quando você vai achar que presta pro mundo? Ali não é o seu lugar, não da mais pra voltar, não dá. Você sai com uma turma, bebendo ou não, conversa com pessoas, namora e mesmo assim em um dia qualquer se sente só. Busca conselhos em amigos quaisquer, alguém diz algo ali que agrada teu ego e você vai fica bem por mais um dias... e de repente lá esta você na cama sem vontade nenhuma de sair do quarto. Você encontra as fotos do retiro, lembra da alegria que foi e por mais decepcionado que esteja com algumas pessoas do grupo, nada se compara à nostalgia que você sente de rever o teu lar, do lugar escolhido pra ti pelo Amado. Talvez fosse só por um período e logo Deus te chamaria pra algo a mais, mas você desistiu. Voltar atrás é voltar pro nada, quando alguém, O ALGUÉM, te ofereceu TUDO.
Uma caminhada fácil ninguém teve e nem terá, mas quando se entra profundamente nos mistérios dessa Jornada, e sua confiança é tão somente no Senhor, seu fardo aliviará. Se você desistiu por decepções humanas eu te convido a voltar, te convido a tentar mais e entender que aqui não tem lugar pra suas convicções, seus egos, seus interesses, sua visão fechada. Aqui você é chamado a chegar de mãos vazias e receber do Senhor tudo aquilo que precisar. Conselhos? Ele te dará os melhores. Colo e atenção? Estarão sempre ali pra você. Sonhos? Ele sonhará contigo. Amor? Só o d’Ele te bastará.
Você não presta mais pro mundo, você é do Amado. Sua vida é chamada a estar firme na rocha que é o Cristo. A areia que é o mundo não merece nem o inicio da construção. Firme em Deus sua vida, seus estudos, sua vida de oração, seus relacionamentos e assim você se saciará e tua intimidade com Ele estará tão grande que entenderá o porquê não ter dado certo antes. E entenderá que o seu coração necessita se encaixar e só n’Ele e que esse encaixe é perfeito e insubstituível!
Salve Maria!

2 Comentários

  1. Lindo texto!! Explica bem como a gente se sente depois de um retiro.
    Que não deixemos a vela amornar ^^
    Continua escrevendo, tu és boa nisso ;)

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que você escreveu esse texto
    Faz a gente se sentir bem
    Sabendo que não somos os únicos no mundo a sentir-se assim
    Alívio, Deus abençoe sua vida e te encha de muitos e muitos dons que você ainda não imagina!

    ResponderExcluir