Já ouviram falar de Marta? A irmã da Maria de Betânia e Lazaro? Não? Vou contar brevemente um pouco da historia dela.
Marta foi uma mulher muito amada por Jesus, irmã da Maria de Betânia e de Lazaro e dona de casa e cheia de fé. Marta sempre foi bem preocupada com tudo, se dedicava em sempre servir da melhor forma o Senhor. Mas ao “levar uma bronca” de Jesus ela deu uma mudada na forma de vida que tinha.
Ao lermos Lc 10 conseguimos perceber algumas características dela:
“Marta, Marta, tu te inquietas e te agitas por muitas coisas; no entanto pouca coisa é necessária, e até mesmo uma só”
Jesus diz isso a Marta porque ao invés de contemplar e amar o Senhor que estava na sua casa, ela estava com atenção somente em arrumar comida para os convidados. Aqui me assemelho a Marta, onde diversas vezes me preocupei e me agitei sem necessidade, ignorei a paz que o próprio Cristo colocou em mim para assim me preocupar com o externo. Quando na verdade deveria receber a Cristo não só como visita, mas como meu dono.
Mas imagino que Marta, após o que Jesus disse, se atentou e voltou a escolher a melhor parte, que é estar com Aquele que merece toda a atenção. Somos tentados a todo o momento em desviar nossos olhos da cruz, temos milhares de desculpas como “Tenho coisa pra fazer”, “O dinheiro esta acabando, o que vou fazer?”, “Me dediquei tanto nos estudos, será que vou conseguir passar?”, etc. Precisamos viver na certeza que Deus esta no controle de TUDO. Precisamos entender que não existem motivos para deixar a Cristo, é só O deixar cuidar de cada detalhe com perfeição.
Marta também era ousada, esperava sempre ansiosamente a chegada de Cristo em sua rotina, e quando Ele chegava era uma festa que só... Sempre esteve de prontidão a aceitar a vontade de Deus. Apesar da teimosia, ela sempre deve a doçura de coração para ouvir a Cristo.
Em Jo 11, temos o retrato da ressurreição de Lazaro, mas ao lermos com atenção temos também um exemplo de fé que é a própria Marta. Quando Jesus chegou ao povoado, ela saiu correndo, deixou de lado tudo e foi ficar com o Amado e deixar ser amada por Ele. Apesar do medo e a tristeza que rondava seu coração naquele profundo momento de luto, ela confiou em Cristo a todo o momento. A duvida também existia nela quando o Senhor disse que podia ressuscitar seu irmão.
“Jesus falou: tirem a pedra. Marta, irmã do falecido, disse: Senhor já está cheirando mal. Faz quatro dias. Jesus disse: Eu não lhe disse que, se você acreditar, verá a gloria de Deus?" Jo 11, 39-40
E você? Crê na Gloria de Deus?
Ao olhar para Marta, percebo que existe saída sim. Ela acreditou no seu Senhor, acreditou que tinha algo melhor, algo novo, algo mais cheio de vida. O medo, as duvidas, os questionamentos sempre vão existir, não adianta negar. Mas precisamos crer no Deus do impossível, no Deus real, que não quer nada a mais do que o nosso bem.
Pois, hoje eu digo que sou Marta. Uma pecadora que não desiste, uma filha de Deus que tem duvidas sobre tudo e todos, sou Marta por também não contemplar e amar a Deus e deixar que as preocupações tomem espaços em mim.
Mas peço a graça de viver melhor essa Marta que há em mim, quero largar tudo para ficar com meu Amor e estar de prontidão para o Seguir aonde for. Ter uma fé inquebrável e não largar as promessas que o Criador tem para minha vida.
Percebo que Jesus ama os piores, os mais teimosos e mais preocupados. São esses que Jesus quer habitar, quer transformar e quer dar a verdadeira alegria. Viva a Marta que existe em você, deixe ser amado pelo Homem Deus.

2 Comentários

  1. Amém! Muitas vezes em Minha Vida também sou Marta! Obrigada por esse lindo texto, que assim seja !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marta é um grande exemplo! Deus abençoe <3

      Excluir