Sim, esse vai ser um texto falando sobre amor, mas falando sobre como ele realmente é. Se arruma na cadeira, pega a pipoca (ou o lenço) e vamos lá.
Sabe por que o amor é bagunçado? Porque nós somos bagunçados! Ah, meu, nem é tão difícil perceber, vai? Nós somos tão complicados nas coisas mais simples. Às vezes até mesmo pegar um copo d'água na cozinha vira uma tarefa complicado porque a gente se distrai olhando o que tem na geladeira ou suspirando ao ver a quantidade de coisa acumulada pra arrumar. A coisa mais comum do mundo é dizer que "Ah, as pessoas são complicadas" e esquecer por um breve momento de que você também é uma.
Como diria qualquer mãe por ai, é melhor arrumar essa bagunça antes que você perca alguma coisa nela, mas, como filhos teimosos que somos, sempre acaba sendo tarde demais.
Olha, vou te falar a verdade: amar dói pra caramba. E não to falando daquele sentimento de estar apaixonado por alguém e querer essa pessoa por perto e se perder no sorriso dela. Não. Estou falando do conjunto de ações humanas que compreendem o verbo amar. Amar uma pessoa dói tanto porque temos que renunciar coisas preciosas nossas.
Amar alguém, muitas vezes, é aceitar que ela não corresponde sua paixão.
Amar alguém é aceitar que ela está apaixonada por outra pessoa e não forçá-la a dar menos atenção pra ela só porque você quer.
Amar alguém é aceitar que ela vai falhar com você, e muito, e se decidir por perdoá-la, não porque você é dependente dela ou só porque vocês estão juntos, mas porque você valoriza aquela pessoa e está dando uma chance dela expressar seu melhor lado, apesar das falhas.
Amar é entender que vocês não vão concordar em tudo e que, em alguma hora, vão discutir por causa disso, mas entender que isso só aconteceu porque os dois querem o melhor.
Por fim, e deixo aqui o que mais machuca, amar alguém é deixar partir e está aqui a maior renúncia. Nunca é fácil, ninguém disse que seria fácil, mas é necessário. A gente arruma vários jeitinhos de tentar consertar ou barganhar os termos daquela paixonite ou daquele namoro que não está mais dando certo sendo que não percebemos o quanto aquilo já está gasto. É uma decisão difícil e corajosa que demoramos a tomar, e não culpo ninguém. Talvez tenha sido a falta de Deus no relacionamento, a falta de oração, a falta de vontade ou talvez simplesmente tenha sido. Não vou deixar de dizer que às vezes tenha sido providência. Não quer dizer que não devamos levantar a cabeça e olhar pro novo, olhar para aquilo que Deus tem preparado pra gente, e não estou dizendo em relação a relacionamentos, mas à a vontade dEle pra nossa vida.
No final, em meio a toda essa nossa bagunça, o que realmente ajeita as coisas é o amor que Ele tem por nós. O que nos falta é deixarmos ser alcançados por esse Amor.

Deixe um comentário