Nós vamos crescendo e muitas vezes esquecendo quem somos. A correria, as dores, o pecado acaba invadindo nossa mente e nos colocando num lugar escuro onde não conseguimos olhar para nós mesmos.
Esquecemos que fomos criados por um Deus amoroso e bondoso, esquecemos que fomos perdoados de nossas injurias por um Deus homem que se faz nosso amigo intimo, esquecemos que não andamos só, que existe o Espírito Santo que nos guia para o caminho da paz.
Criamos mascaras falsas, personalidades diferentes para que gostem de nós. Esquecemos quem somos em um piscar de olhos, não porque queremos, mas porque não prestamos atenção no óbvio. E óbvio está na nossa frente: na comunhão, na oração, no coração, em mim e em você.
Não perca a sua identidade, você é filho de Deus, filho do Altíssimo. Ninguém pode tirar isso de você. Nem as pessoas, nem você e nem a morte. Assuma, viva, se ache. Silencie, fique só você e Deus, desligue-se do mundo e aí então o seu coração vai realmente falar quem você é.
Já sabemos daquilo que é simples. Sei meu nome, meu endereço, meu telefone; sei onde nasci, sei quem são os meus pais. Com Deus eu sei muito mais, com Ele eu vivo na esperança de um lugar melhor, com Ele eu sei que eu não vivo por um acaso, com Ele eu sou verdadeira, sei do que gosto e do que não gosto, sei do que me faz bem e do que não me faz bem, sei que Ele me ama sem olhar o que já fui, mas me pede para admitir quem eu sou.
E quem eu sou? Sou cristã, sou da Imaculada, sou guiada e iluminada por alguém que eu não vejo, mas sei onde habita. Sou linda do jeito que sou e com um coração cheio de gratidão por um Deus que me enche de graças e me deixa mais apaixonada diariamente.
E depois de tudo que Jesus fez por mim eu preciso mostrar ao mundo que Ele pode fazer por todos, e olha, não é pouca coisa... Basta só admitir “Eu sou filho de Deus!” Bota um sorriso no rosto, uma alegria no coração e pare de se preocupar com o que o os outros pensam de ti, vá viver aquilo que Deus fez de ti!

2 Comentários