Quando olhamos a dimensão divina nos apaixonamos cada vez mais pelo Deus de amor, mas quando olhamos para nós mesmos nos perdemos em um labirinto de misérias, machucados e dúvidas, e o único que pode nos guiar é o Espírito Santo.
O que é ser pequeno para Deus? A pequenez é conservar a pureza, é sempre estar com os olhos voltados para a Cruz, é amar quem não conhece o amor. Ser pequeno é reconhecer que Deus tudo pode, que Deus é tudo, é desejar sempre as riquezas do alto, é dar o melhor para Deus, é se perfumar com o perfume do Espírito.
O Senhor nos pede para que na casa do nosso coração reine a humildade e a pequenez, para assim alcançar o Reino do Céu. Mas como ser pequeno em um mundo onde só se ganha as coisas quando está no poder? Como viver sem machucar o Criador? Saiba de uma coisa: Ele te escolheu primeiro! O primeiro passo foi dEle, nós só precisamos dizer "sim" e nos entregar. Essa escolha não é um bicho de sete cabeças, dê a Ele uma chance. Deus não entra sem ser chamado!
Voltemos nosso olhar para Santa Teresinha que, em sua pequenez, alcançou o céu. Com a sua pequenez ajuda até hoje na evangelização de tantas e tantas almas. Se ela conseguiu, por que eu não consigo?
O amor que Deus tinha por ela não é diferente do amor que Ele me dá todos os dias. O mar de misericórdia em que ela mergulhou é o mesmo mar que Deus me convida a mergulhar. Então vambora! Deixe tudo de lado e mergulhe nesse mar infinito. Somos muito pequenos para fazer grandes coisas, por isso devemos ser grandes nas pequenas coisas.
Em uma de suas homilias no ano passado, Papa Francisco pede para que nós guardemos nossa pequenez. Quando Deus escolhe os seus eleitos, Ele escolhe sempre os pequenos, escolhe aquela galera que é desapegada, aquela galera que vai aonde o Senhor pedir sem desculpas. Que tal fazer parte dessa galera? Procure a doçura, oferte sua vida e sempre viva pequeno para que assim Deus possa ser grande em você.

“Sei que a minha pequenez será transformada em sacrifício cheio de perfume aos pés da Cruz.”
Santa Teresinha do Menino Jesus.

6 Comentários

  1. Que texto maravilhoso! Fiquei muito encantada! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. "O que agrada a Deus em minha pequena alma é que eu ame a minha pequenez e minha pobreza" ♥ Santa Teresinha foi a minha primeira santa de devoção quando voltei para a Igreja, e o quanto elas nos ensina com essa visão linda do mundo, né? O texto tá lindo, Quei. Claro que eu já disse isso, mas precisava repetir. Um beijo! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passando pra responder esse comentário para agradecer mais uma vez por me deixar fazer parte do 48Janeiros <3

      Excluir
  3. os seus textos são maravilhosos e muito inspiradores!! Parabéns!! Fique com Deus <3
    Anna

    ResponderExcluir