Há alguns anos, sempre que eu precisava de alguma coisa que só o meu pai poderia me dar, primeiramente eu falava com a minha mãe. Ele sempre fora, para mim, a figura máxima de autoridade aqui em casa, e eu sentia muito medo de procurá-lo diretamente, fazer o meu pedido e receber um “não” categórico, que me faria chorar (eu sempre fui de choro fácil). Além disso, eu não me considerava apta a argumentar com o papai: na minha visão, ele sempre teria argumentos melhores que os meus, e, por isso, eu continuaria sem ter aquilo que eu queria; eu não entedia que, às vezes, os pais negam algumas coisas porque sabem o que é melhor, e quando será melhor ter o melhor, para nós. Por isso, antes de falar com ele, eu falava com ela: mamãe era, e sempre será, meu braço direito para alcançar o papai. E vocês querem saber um segredo? Acontece a mesma coisa quando eu preciso falar com Deus.

Jesus, momentos antes de conhecer a morte, já chagado e em profundas dores, não se esqueceu de uma das Suas missões: garantir que seus pequeninos (ei, esses somos nós!) jamais ficariam órfãos de mãe.
Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: “Mulher, eis aí teu filho”. Depois disse ao discípulo: “Eis aí tua mãe”. E dessa hora em diante o discípulo a recebeu como sua. (Jo 19, 26-27)
Essa passagem é o testamento de Cristo; nela, vemos uma das mais belas heranças que Ele nos deixou: Maria, mãe de Deus e mãe daqueles que por Deus são amados. Essa mulher, essa digníssima e infinitamente agraciada mulher, que no alvorecer de sua adolescência recebeu a visita de um anjo e acolheu a vontade do Pai como sua própria vontade; essa mulher, que concebeu, gestou e criou a encarnação da 2ª Pessoa da Santíssima Trindade; essa mulher, que enxugou com seu manto o sangue de Cristo, derramado de Suas feridas enquanto carregava a cruz; essa mulher, fiel e íntegra, humilde e única, escolhida e amparada por Deus Pai para entregar ao mundo, e pelo mundo, a Salvação. Foi essa mulher que Jesus, em Sua infinita e acircunstancial vontade, deu como mãe para todos nós; e o discípulo que, naquele mesmo momento, carregava nas costas o peso de toda a humanidade, recebeu a herança do Filho: a Mãe.
 Gente, se o presente é de Deus, tá liberado aceitar incondicionalmente, viu? 
 Em muitos momentos, nós nos sentimos indignos da presença do Pai, do olhar do Filho e da plenitude do Espírito; sentimo-nos sujos, fracos, traidores... É isso o que o pecado faz conosco: deixa-nos medrosos, para que não tenhamos coragem de procurar o nosso bom Deus, por considerá-Lo bom demais para nós — ou o que é pior: faz-nos pensar que cometemos tantos erros que Ele jamais voltará a nos perdoar e escutar. Quando pecamos, percebemos e compreendemos a nossa fraqueza humana, e isso nos incapacita de um jeito que não conseguimos sequer explicar.
Entretanto, Deus nos promete uma mulher que ferirá a cabeça do mal (Gn 3, 15). E Ele, de fato, nos dá: uma mulher que vive sua humanidade sem a mancha do pecado; a Imaculada, a Virgem, a pura e límpida Maria. Ela, temível como um exército, pisa no pescoço da serpente, tirando-lhe o ar; dizer isso significa dizer que onde Maria está, o mal não consegue ficar, pois não encontra oxigênio que lhe dê vida. A força dela é a força que nos falta em nossa constante e persistente fraqueza. Ela nos ensina os segredos da fé: confiança, esperança e oração, profunda oração.
Jesus é “o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14, 6), e Maria é a ponte que nos leva a Jesus. Não tenha medo de recorrer a ela, pois é para isso que ela está com você! Quando você sorri, Maria sorri por você; quando você chora, Maria chora por você; quando você não consegue prosseguir, Maria te acalenta; e quando você retorna aos braços do Pai, Maria corre com você, exultante, radiante, feliz em ter conseguido mostrar o caminho de volta. Ela nos recebe como filhos, tão filhos quanto Jesus foi para ela; todo o seu amor, todo o seu carinho, toda a sua paciência, ela dedica a nós. Toda a sua paz, ela nos dá. E quando não estamos conseguindo falar diretamente com o nosso Pai, ela nos diz: “Filho, então fale comigo, que eu vou até Ele em seu nome. Não tenha medo, tua mãe está contigo e está por ti! ”. E tudo o que nós precisamos dizer é: “Mãe, a senhora pode falar com o Papai sobre mim?”. E o sim de nossa Mãe é uma confiança suprema, que nos acompanhará pelo resto de nossas vidas, pois é um bem fornecido e garantido pelo Pai.
Às vezes, algumas pessoas (mal intencionadas ou mal informadas) podem contestar a maternidade de Maria. Mas não se engane! Contestar uma herança de Deus é contestá-Lo ao mesmo tempo. Jesus, ao encarnar, possuía um lado divino e um lado humano; o Espírito, entretanto, é o mesmo. A Pessoa é a mesma. Portanto, Maria é, sim, a mãe do nosso Deus, e é, sim, a nossa mãe amável e eterna. Além disso, Maria também é o nosso maior exemplo de fé: humana, como eu e você, ela fez maravilhas em nome de Deus; suas promessas, feitas e recebidas, pertenciam apenas ao Senhor. Sua fidelidade é suprema! E, como ela foi, devemos ser, também, fiéis.

Deixo duas músicas maravilhosas, que são orações incríveis, para você que deseja, ou que prefere, através de letra e melodia, reconhecer e acolher Maria como sua mãe — e para você, que já a reconhece e acolhe, e que não consegue mais viver sem ela! São elas: De Filho Para Mãe, do Bruno Camurati, e Regaço Acolhedor, da Irmã Kelly Patrícia.
“Que bom saber que és minha mãe!”
“Como criança, bem tranquila, no regaço acolhedor de sua mãe!”

Que saibamos, a cada dia mais, amadurecer nossa fé em Maria; que, em nossas orações, nossos cantos sejam embalados pela voz de uma mãe; e que o Santo Terço seja a nossa arma de persistência contra o mal.
Fiquem com Deus, e que seus caminhos sejam sempre abençoados pela nossa Mãe sublime, amém!

2 Comentários

  1. Amém Linda!🙌👏 Estou amando seus textos...❤ Que Deus continue a te abençoar, e que Maria te cubra com seu manto de Amor!🙏
    Salve Maria Imaculada.😍

    ResponderExcluir
  2. Amém Linda!🙌👏 Estou amando seus textos...❤ Que Deus continue a te abençoar, e que Maria te cubra com seu manto de Amor!🙏
    Salve Maria Imaculada.😍

    ResponderExcluir