Oi, gente!
Como vocês estão? Aqui está tudo ótimo, graças a Deus!
Uma das propostas do Rotaroots desse mês é para que desenhássemos a forma com que nós nos vemos e mostrássemos a vocês. Eu, como a boa amante de desenhos que sou, adorei a ideia! Vamos ao que interessa. ♥
Essa do meio sou eu, com minhas pernas que não fecham, uma barra de chocolate (porque chocolate é vida), uma máquina de escrever que, afinal, é minha paixão; minha prateleira de livros, os desenhos colados na minha parede (+ uma foto do Olaf ♥) e uma rosa, porque eu amo rosas.
Nem preciso falar que isso é exterior, né? Mas, ao pensar em mim e em como eu me vejo, automaticamente eu penso nas coisas que eu amo. Não couberam todas no desenho, mas algumas delas já são capazes de dizer quem a Nathalia é.
Eu fiz uma brincadeira com as pernas que não fecham, mas uma coisa não falei: eu demorei anos para me aceitar dessa forma. Todo mundo fala do preconceito que há com as pessoas acima do peso, e realmente reconheço que isso existe e existe em maior número! Mas não pensem que ser apelidada de dezenas de coisas ofensivas, ser piada entre os colegas, ser excluída de grupos por te acharem feia e magrela, ouvir comentários ridicularizando seu corpo, etc., é fácil, porque não é! Vi compartilharem um post no Facebook esses dias dizendo que isso era invenção, que não existia esse tipo de preconceito, e fiquei bem chateada, porque eu já fiquei muito mal por causa do bullying em relação ao meu corpo. Mas uma hora a gente aprende a se amar da forma que é, e isso não foi diferente comigo! ♥
Além da minha paixão por essas coisas exteriores, tem as interiores também, e essas são as melhores! Eu sempre vejo o belo em qualquer coisa, principalmente na tristeza, e isso é muito legal! Gosto de ver outros lados, de amar coisas simples, de tentar mostrar beleza onde outros não vêem. Todos temos um pouco disso, o bom é deixar aparecer.
Enfim, espero que tenham gostado do post. Tenho bastante ilustrações salvas, posso fazer mais disso se quiserem. Um beijo! ♥

50 Comentários

  1. Nossa que ideia legal! amei a maneira como se descreveu, e sobre o bullying realmente é terrível!
    Beijos www.blog-atravesdamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É terrível mesmo, Nayra! Principalmente quando falam que os mais magros não passam por isso, são opressores, etc., sendo que qualquer um fora do padrão de beleza ideal acaba passando por isso, de uma forma ou outra. Muito obrigada! Um beijo ♥

      Excluir
  2. In love com o seu desenho! Perfect!! Você conseguiu se descrever certinho. Bjsss www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada, Ana. Fico muito feliz que tenha gostado ♥ beijo!

      Excluir
  3. Ai, realmente é difícil ouvir dos outros que você não se enquadra no padrão. Que bom que hoje você se aceita. A gente tem que se amar do jeitinho que somos, porque somos únicas, né? Já ouviu 'Aos olhos do Pai'?
    Adorei seus desenhos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo, Bru. Mas é verdade, somos únicos e se não nos amarmos, quem vai amar, né? Já ouvi sim! Fico feliz que tenha gostado. Um beijo ♥

      Excluir
  4. Que linda sua demonstração pelo desenho, adorei, queria saber desenhar assim :) mais bonito ainda foi a segunda ilustração, metafísica, porém verdadeira <3 Um beijo!

    www.eunomadiando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada. Fico feliz que tenha gostado ♥ um beijo!

      Excluir
  5. Nath! Como você desenha bem, moça. E só agora percebi o quão parecidas somos, acredita? Verdade. Chocolate, escrever, livros, Olaf... Ai, que amor! Gostaria de poder fazer um post desses lá no blog mas não desenho nem um terço do que você desenha, difícil a vida! Hahahaha. Ficou tudo lindo viu?

    Beijos, Li. ♥
    eililian.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigaaada, moça <3 não precisa desenhar bem, isso que é legal! haha um beijo!

      Excluir
  6. Você desenha MUITO bem, parabéns.
    Adorei o tema ♥
    As minhas pernas são grudadas porque as minhas coxas são bem grandes e eu sempre detestei isso, acho que sempre tem algo em nós que não gostamos, mas que são nosso e devemos amar. Quanto ao bullying, eis uma das maldades mais cruéis que o ser humano pratica. Criança é ruim, porque a sociedade diz que é "normal", é espontaneidade, pureza, mentira! É preconceito mesmo, preconceito que os país ensinam a ter, mesmo sem querer, a sociedade ensina a ter, a televisão etc e tal. :/

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caraca, Gabi, você por aqui? <3 <3
      Cara, realmente é preconceito. Mas é difícil de lidar, né? Porque se não são os pais, são os amigos, a companhia x ou y, e acaba acontecendo, infelizmente :( um beeeijo <3

      Excluir
  7. Mais que graça! Adorei a ideia.
    Você desenha super bem, Nathalia! Adoraria ver mais dos seus desenhos aqui :)

    Oh, uma pena o que aconteceu contigo! Sei como as pessoas podem ser cruéis o que é muito triste pois falta muito amor nesse mundo.

    Gostei dos dois desenhos, mas o segundo ficou um amor ♥
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada, Mel <3 é verdade, acontece mesmo :( mas uma hora a gente supera.
      Fico feliz que tenha gostado. Um beijo <3

      Excluir
  8. Também já sofri bullying por ser magra demais, agora até engordei um pouco, considero meu corpo bonito, porém quando eu era criança sofria demais com isso. Aprendi a me aceitar do jeito que sou, aliás o corpo é meu e quem faz jus a ele é somente eu, né?
    Adoro seu blog!! Já deu uma olhadinha no meu? Se quiser seja muito bem vinda! Tá cheio de novidades.
    Um beijo linda!!

    www.tresestacoes,com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, querida! Se a gente não se aceitar, ninguém vai fazer isso por nós! Um beijo <3

      Excluir
  9. Moça, você desenha super bem, sim ou claro? Fiquei um tempinho olhando sua bonequinha, e ela parece com você mesmo ♥ Essa coisa de bullying, pernas abertas, desapega desse sentimento, ele não vai te levar a nada. Apesar de eu saber o quanto é difícil se aceitar com isso ou aquilo, temos que aprender, e é bom saber que conseguiu superar certas coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada, Kelly <3 então, hoje não me importo mais, mas foi longo o caminho da autoaceitação! Um beijo <3

      Excluir
  10. Que legal!! Adorei!! Otimos desenhos também Nath!!
    Beijos,
    Ariane - http://thelivedoll.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Ari. Fico feliz que tenha gostado <3 um beijo!

      Excluir
  11. Oi Nathalia, tudo bem?
    Que bom que meu post foi útil á você! Obrigada pela visita ao meu blog!
    Gostei muito dos seus desenhos e da sua reflexão, realmente somos julgados por tudo: se somos gordos, magros, altos, baixos e por ai vai. Mas o mais importante de tudo é nos amarmos como somos! O que podemos melhorar tudo bem, o que não podemos mudar, faz parte da genética e ponto!
    Boa semana pra você!
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Dayse! Amor próprio acima de tudo. Ótima semana pra ti também <3 beijoooo

      Excluir
  12. Oi Nathalia, tudo bonito? Acabo de conhecer seu blog e já gostei muito, parabéns! Também gostei muito do post, ainda não fiz as propostas do rotaroots desse mês lá no meu. Você escreve muito bem, sabia? Gostei bastante das ilustras, achei super fofas e, de como você se descreveu. É automático, ao pensar em si mesmo, acabar pensando nos seus gostos e características físicas, né? E, sim, tem muita gente que pensa que "ah, você não é gorda, não sabe o que é sofrer preconceito; o que você tem é frescura", mas nem todos conseguem pensar o outro lado: sentir na pele do outro, mesmo. Tem certas coisas em nós mesmos que temos dificuldade em aceitar, lidar. E todos aqueles que apontam o dedo e nos criticam, acabam fazendo dessa aceitação, uma escada mais alta e mais cansativa. Fico muito feliz por você, por ter aprendido a se amar em cada detalhezinho de si mesma. Tenho muitas amigas que têm dificuldades em se aceitar, dificuldades severas (acho que todos passamos por uma fase assim, mas algumas pessoas realmente não conseguem se aceitar) e me sinto muito tocada em ajudar sempre, de um jeito ou de outro. Um super beijo e muito sucesso e felicidade!

    www.pequenoserpensante.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é realmente muito triste, Isabelle! Aliás, Isabelle é o nome que escolhi pra minha irmãzinha de dois aninhos <333 meu nome favorito hahaha enfim, as pessoas limitam o preconceito "só pessoas assim sofrem" e acabam criando outro preconceito em cima disso! Muito obrigada, meu anjo, tudo em dobro pra você <3 um beijo!

      Excluir
  13. Amei seu desenho, você desenha bem!

    ResponderExcluir
  14. Gostei demais dos desenhos e vc foi além – mostrou não só como vc se vê, mas tbm as coisas que gosta :D <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Michelle, fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  15. Menina, mas que traço mais fantástico! Achei lindo demais, sério! Conheci seu blog pelo Rotaroots e já tô seguindo! Adorei o jeito que seu blog acolhe o leitor, as cores estão em uma sintonia gostosa. Continue escrevendo bem desse jeito! Abraços. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada, Laura! Fico muito feliz <3 passa seu blog pra eu conhecer também, moça. Um beijo!

      Excluir
  16. Lindo desenho e linda a forma como você se vê. Quer coisa pior para os outros do que alguém que se aceita e gosta de como é? :)

    ResponderExcluir
  17. Awn mais que desenho foto!
    Eu também respondi esse meme no meu blog, foi a primeira vez em que participei.
    Achei o projeto tão legal e nunca tinha visto algo assim! SERIO! haha

    http://seismilmilhas.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu adorei a ideia também! Muito obrigada, viu? Um beijo <3

      Excluir
  18. Sonhos e Poesias *-----*
    Ai q linda. super me identifiquei.
    desenha bem, emm
    beijooos

    http://sushibaiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Adorei seu desenho Nathalia =) E o bullying é bem complicado né? No meu tempo isso não existia, quer dizer, o termo...porque o bullying existiu e eu sofri bastante também, mas não deixa isso te influenciar, porque só você sabe o que você é. Quem tiver a sensibilidade e caráter, vai respeitar e gostar de você assim mesmo =) Um beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que linda você! As boas pessoas se apaixonam por quem somos de verdade, né? O que ninguém vê. Um beijo, muito obrigada <3

      Excluir
  20. Não sei o que é mais lindo: o desenho em si ou a reflexão sobre se aceitar! Quem dera eu tivesse talento para desenhar igual você!
    Beijo!

    www.diarioquaseescritora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso fia, só ir tentando que a gente chega hahah muito obrigada, viu? Um beijo <3

      Excluir
  21. Nossa adorei o post e os desenhos. E olha, também sofri muito na minha infância por ser magra demais,e eu fico muito feliz em saber, que você também conseguiu sobreviver a esse momento terrível. A melhor coisa da vida é a auto aceitação e o amor a si próprio. Não ligue para a opinião das pessoas que não gostam de ti. Um super beijo <3

    http://petitjeny.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mesmo, Jenyfer. Hoje eu não ligo mais, graças a Deus <3 um beijo!

      Excluir
  22. Que desenhos legais.
    Amei o segundo desenho.
    Sofri na minha adolescência por ser muito magra. Já cheguei até a chorar de tanto que me sentia mal por causa do comentário das pessoas.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo, Aline. Muito obrigada <3 beijo

      Excluir
  23. Nossa ficou lindo, queria muito saber desenhar assim rss
    Adorei o desenho, e o blog rss
    Beijos Thais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso Thais, só treinar um pouquinho auaha obrigada, um beijo <3

      Excluir
  24. Amei seus desenhos Nath, dias atrás estava conferindo seu feed no instagram e percebi que você tem muito talento com desenhos ♥ parabéns! Bom eu sofro um pouco de bullying por conta do meu tamanho (tenho 16 anos e apenas 1,50) sou a mais baixinha da minha sala e também a menor da minha família, quando algumas pessoas me zoam eu finjo que não ligo, mas no fundo no fundo queria que fosse diferente :/ De qualquer forma não liga com isso não tá? Quando a gente começa a se aceitar, do jeitinho que somos tudo começa a mudar. E mais uma vez parabéns pelos desenhos ♥♥♥♥ Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada lindeza <3 e não liga, fia, que diferença faz o que somos por fora? Independente da sua estatura, o que importa é o tamanho do seu coração, e ISSO te faz bonita! Um beijo <3

      Excluir
  25. Que lindo o desenho, você é super talentosa e uma pessoa linda, eu admiro muito pessoas que conseguiram superar coisas ruins na vida e hoje se aceitam.
    E vou te contar um segredo, acho tão fofo pessoas que tem as pernas abertas.
    Outra coisa, conheci seu blog agora e já amei, sucesso para você um grande beijo.

    www.natocadocoelho.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que linda você, Tamires <3 hoje vejo toda questão do meu corpo como algo MEU, e isso faz com que eu ame tudo. Sou muito grata por ter esse sentimento! Muito obrigada por tudo, grande gentileza a sua. Um beijo <3

      Excluir