Não sei se todos costumam ter a mesma reação
mas sentada ali, na terra molhada
diante daquela imensidão de luzes
foi praticamente impossível não me sentir
absurdamente pequena.
Estive aconchegada em minha pequenez
e aquilo me fez sentir ainda mais importante
porque mesmo tendo tanta coisa diante dos olhos
e sabendo que aquilo não é 0,00001% do resto do mundo
pude perceber o valor que tenho para alguém
que mesmo sendo dono de tudo isso
se preocupa especialmente com cada um de nós.
E é assim que acontece
quando, de repente,
a ficha cai por alguns instantes
e você percebe que há tanta coisa nas entrelinhas
e às vezes precisamos lê-las diversas vezes
para percebermos que estão ali.
E mesmo que haja
bilhões de pessoas
em bilhões de lugares
com bilhões de histórias diferentes
cada um de nós somos únicos
fomos criados por um amor único
e nunca, nunca
estaremos sozinhos.

Deixe um comentário