Deus nos agracia com pequenos ensinamentos e milagres todos os dias... E hoje mais uma vez Ele me presenteou com mais uma de suas incríveis lições.
Resolvemos sair em missão mais uma vez... Então, nós do grupo Jovens Adoradores fomos às ruas para evangelizar. Andava ao longo da Avenida ao lado de meus irmãos e me senti afligida pelas dores que começaram a incomodar meu corpo, mais precisamente nos meus pés devido à longa caminhada. Ao retornarmos para a Paróquia, comecei a rezar o terço das Santas Chagas de Jesus Cristo com minhas amigas. E comecei a refletir...
As dores que eu sentia em meu corpo e o forte cansaço se assemelhava com as que Jesus sentira, mas com muito mais intensidade, é claro. Eu não precisava estar ali, em um sábado a tarde, andando pela avenida e evangelizando as pessoas. Eu poderia estar em casa, descansando e estudando. Mas não. Eu havia escolhido fazer esse sacrifício e humilde gesto de amor para tentar ajudar o meu próximo, assim como os meus companheiros haviam escolhido. Jesus também não precisava ter sofrido o doloroso caminho até o calvário. Mas em um incrível gesto de amor, se deu em sacrifício, carregando em sua cruz o peso dos pecados de toda uma humanidade.
Quando pecamos, é como se uma nova ferida surgisse em Jesus. Por isso, tentamos constantemente nos confessar e tentar de alguma forma reparar os nossos erros. Mas quando falhamos e simplesmente ignoramos isso, nos assemelhamos aos soldados que flagelaram nosso amado Salvador.
Se um amigo seu estivesse sofrendo você não iria ignorar as dores dele, não é mesmo? Pois eu não quero ignorar as dores de Jesus também. Quero poder me espelhar cada dia mais em suas Santas Chagas. Eu posso encontrar nelas rios de vida e de paz. E é disso que preciso: do amor misericordioso do nosso maior Herói.
E você? Está sendo um amigo de Jesus? Ou está sendo um mero soldado que fere o coração de Cristo? Pense nisso.


"Pai Eterno, eu vos ofereço as Chagas de nosso Senhor Jesus Cristo para curar as chagas de nossas almas"



Deixe um comentário